domingo, 17 de julho de 2011

Domingo é dia de macarronada!!!


Desde bem pequenininha meus domingos são "regados" a macarronada e minha lembrança maior é o macarrão da vovó, que literalmente era o macarrão da minha avó, que levava horas fazendo a massa, passando pela máquina de macarrão e depois cozinhando e servindo com aquele molhinho delicioso e suas almôndegas. Almôndegas, essas, que não venciam..... rsrsrsrs ela fritava meia dúzia e enquanto fritava mais meia dúzia lá vínhamos nós roubar as "pérolas" quentinhas e, ai, ela saía correndo atrás de nós dizendo: "parem com isso, não vai sobrar nada para o almoço!!"...rsrsrs e todo domingo era a mesma história.


Na esquina da casa dela havia uma padaria que fazia carnes naquelas "Televisões" de cachorro...rsrsrs deliciosas!!! tempos bons em que as padarias vendiam produtos de qualidade e sabor caseiro, como se estivessem saindo do fogão da vovó.
Meu pai comprava uma costela bem assada (especialidades deles) e um frango assado que acompanhavam a macarronada da vovó com maestria. Tempos deliciosos de reunião familiar, onde a família parecia completa, onde alguns já haviam partido, mas para nós crianças não faltava ninguém, pois lá estavam os avós, os pais, os tios (todos) e os primos.


Depois do almoço, normalmente, a vovó continuava na labuta, lavando pratos e panelas junto das filhas e nós corríamos pela casa brincando e matando a saudades dos primos.
Memórias!!! e mais do que isso, memória gastronômica, onde o sabor do macarrãozinho de domingo da vovó ficou para sempre e é só fechar os olhos para sentir, bem lá no fundinho do coração, o sabor e o cheirinho da sua comidinha!!
Saudades!!!! muitas saudades!!!!

7 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

QUE SERIA DE NÓS SEM NOSSAS MEMÓRIAS DE DIAS TÃO FELIZES JUNTO DOS QUE REALMENTE NOS AMA!!!
ADOREI LER ESSAS MEMÓRIAS!
BEIJO

Ana Lucia disse...

Ana Cristina
Estou com lágrimas nos olhos neste momento.Ao ler seu blog, me deu uma saudade da nossa infância, das porpetinhas fritas da Vovó, do Vovô, daquela casa enorme deles, que a gente corria de lá pra cá.Vou guardar pra sempre tudo isso dentro do meu coração, não importa quantas vidas eu tiver, tudo isso permanecerá pra sempre.....saudades...saudades.....

Cozinha Perfumada disse...

Oi Ana !! Que delicia essa macarronada !!Acho que aqueles pratos que nos remetem as lembranças de infância são os melhores... adorei saber suas memórias e me fez lembrar as minhas boas recordações...!! Beijos Tereza

Valéria disse...

Oi Ana!
Boas lembranças!
Obrigada por partilhar conosco suas recordações de infância.
Uma boa macarronada no domingo com a família é realmente tudo de bom! Fiquei com água na boca!

Beijão e uma boa semana!

Adriana Gonçalves de Oliveira disse...

Ai que bom ter tido o privilégio de ter comido uma verdadeira macarronada ... Eu nunca comi uma assim ... mais caseira impossível. E regada com amor de Vó! Que delícia deve ser!

Bjs

Ana Falletti disse...

Obrigada queridas amigas!!! bom compartilhar com voces minhas memórias.
Prima querida, voce faz parte disso tudo e devo lembrar que vc era a unica que ninguem brigava pela parte do frango que vc gostava....rsrsrs não tinha concorrência. Hoje em dia é uma das partes que eu mais gosto, mas não vou falar aqui não tá?? isso é uma particularidade muito linda sua....hahahahaha bjs amigas!!!

Carminha Lyra disse...

Que lindo post, querida.
Emocionante.
Bjinhos